-

minha experiência com o coletor menstrual

Como prometido, estou de volta para falar um pouquinho mais sobre minha experiência com o coletor menstrual.

Um dia antes da menstruação, resolvi higienizar meu coletor menstrual da Fleurity (já que eu havia manuseado ele bastante, tentando entender qual seria a melhor dobra pra mim). Buscando no F.A.Q lá no site da empresa, encontrei essa dica bacana sobre como higienizar o produto no microondas.
Olha só:

Posso higienizar meu coletor no microondas? 
"Sim, você pode fazer a higiene do seu coletor no microondas. Você pode, em um recipiente de vidro, colocar seu coletor e cobrir com água, em seguida colocar no microondas, e após o inicio da fervura conte de 2 a 3 minutos e pronto. Fique atenta e não deixe passar do tempo indicado. Se você for guardar seu coletor seque-o bem para que ele não fique úmido."

Após 2 minutos de pura agonia (será que vai derreter? Vai derreter! Será que derreteu! Opa, não derreteu. Vitória!) eu o guardei na sacolinha do kit e esperei ansiosamente pelo dia seguinte.

Quando senti que havia chegado a hora, corri para o banheiro e confesso que rolou um pequeno pânico. Será que eu acertaria a dobradura?

Demorou um pouquinho e foi necessária certa dose de equilibrismo para encontrar a melhor posição para introduzi-lo, mas após algumas tentativas fracassadas, finalmente senti que consegui.
Nunca fui grande fã dos absorventes internos, por mais que eu os colocasse corretamente, sentia um leve desconforto ao realizar certas atividades.
Dei tanta sorte com o coletor que eu até me esquecia que ele estava lá (sério, eu coloquei um lembrete no celular para não esquecer de trocá-lo de cinco em cinco horas).

Aí surgiu minha primeira insegurança: meu fluxo. Será que aquele copinho aguentaria? Eu ju-ra-va que tinha fluxo intenso e que o coletor vazaria com pelo menos uma hora de uso.
O mais engraçado dessa experiência é que percebi o quanto desconhecia meu corpo e principalmente, minha menstruação.

Com exceção do segundo dia (que é sempre um terror pra mim), o copinho nem enchia pela metade. Como é que eu vivi tantos anos nessa Terra com tão pouco conhecimento do que acontece com meu corpo?

A higienização foi a parte mais simples do processo todo. No kit da Fleurity, vem dois copinhos e isso facilita bastante para quando você está na rua e não tem tempo pra limpar o coletor que está usando.

Joguei o sangue no vaso sanitário e passei um pouquinho de água com sabão neutro e lá estava ele, lindinho e prontinho para outro uso (quando estava em casa, eu fazia o esquema do microondas, só pra garantir que estava extra limpo).

Mas e aí, será que vale a pena?
SIM! Se você está procurando uma opção higiênica, confortável e eco-friendly, não existe melhor opção no mercado que o coletor menstrual.

Sei que a primeira impressão é bem intimidadora e levando em consideração que menstruação ainda é um tabu, é compreensível que muitas meninas fiquem receosas (também me senti assim).
Entretanto, após cada uso, eu me sentia mais e mais confiante. Pela primeira vez, entendi direitinho como é que meu fluxo funcionava, perdi o nojinho que tinha do meu próprio sangue e finalmente fiz as pazes com a minha menstruação.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre o uso, higienização e etc, eu fiz um post bem didático para te ajudar.

E aí, quem ficou com vontade de experimentar? E se você já usou, me conte suas impressões nos comentários!

Crédito das artes: Fleurity
Mia Fernandes
Comentários do Facebook
0 Comentários do Blogger