-

deixe o amor entrar


“Have you ever been in love? Horrible isn't it? It makes you so vulnerable. It opens your chest and it opens up your heart and it means that someone can get inside you and mess you up.” 
Neil Gaiman

Apaixonar-se é uma das melhores sensações que o ser humano pode vivenciar. O combo de reações químicas que se alastram pelo corpo só por avistar o objeto de sua afeição, é uma das melhores partes de compartilhar seus sentimentos com alguém.

É justamente por isso que nos sentimos péssimos quando não temos alguém especial por perto, não somos correspondidos ou simplesmente não exista ninguém que faz seu coração bater mais forte no momento.
Aparentemente, tudo só piora em datas relacionadas ao amor como o Valentine’s Day. É dia em que muitas pessoas optam por deitarem em posição fetal, buscando carinho em um pote de Nutella e cantando Céline Dion em um quarto escuro.

Mas acredite, essa não é a melhor solução para curar as borboletas feridas dentro de você. Primeiramente, abandone essa ideia de que você só pode estar apaixonado por uma pessoa que possa lhe oferecer os prazeres do mundo carnal. Ame um amigo, um projeto, uma ideia, seu trabalho, cachorro, gato, chefe, mãe, irmão...Reapaixone-se pelas pequenas coisas que você deixou de dar importância no dia a dia.
A partir do momento em que nos abrimos para dar amor e valor para tudo e todos ao nosso redor, automaticamente nos tornamos pessoas mais felizes, bem humoradas, simpáticas e por consequência, bem mais atraentes.

Então, deixe o Greatest Hits da Céline Dion de lado e comemore uma das poucas datas que existem para celebrar o amor em todas as formas.

Para encerrar o post, gostaria de deixar aqui minha contribuição musical romântica do dia. Will you be my valentine?


Arte: Puuung
Mia Fernandes
Comentários do Facebook
1 Comentários do Blogger