-

música: canções de amor



Escrever sobre amor é difícil. Como escritora em eterna formação, ainda encontro certa dificuldade de expressar de forma sincera e poética todos os pensamentos, sensações e devaneios que tomam de refém os corações apaixonados. Como estou escrevendo uma história em que minha protagonista está loucamente apaixonada, geralmente me descubro penando para traduzir todas as pequenas nuances de sua mente em palavras.

Para buscar inspirações, geralmente gosto de fazer um pequeno ritual antes de começar um novo capítulo que é ler um pouco de poesia/poemas (de preferência e.e. cummings ou Pablo Neruda) e colocar algumas das minhas músicas favoritas sobre amor para tocar.

Uma canção consegue liberar uma considerável dose de dopamina no cérebro do ser humano, tal substância é conhecida principalmente por estimular o prazer. Portanto, creio que não existe nenhum preparo melhor para quem quer escrever algo realmente romântico do que escutar um pouco de música nesse clima, não é?

Separei aqui minhas as dez love songs que conseguem derreter meu coração e deixam minha mente pronta para escrever linhas e mais linhas sobre a paixão. Espero que hoje vocês saíam desse blog, inspirados e apaixonados.


Darling I feel you under my body.
Darling you're with me forever and always.
Give me shelter or show me heart.
And watch me fall apart, watch me fall apart.

Vamos começar nossa seleção com o Ben Howard e essa versão ao vivo da minha música favorita: Only Love. Se preparem para ter o coração arrebatado pela linda voz desse rapaz (que não sai mais do meu repeat ultimamente).

I wanna settle down
I wanna settle down
Won't you settle down with me?
Settle down

Apesar de ter conhecido o trabalho da Kimbra no final de 2011, só agora é que venho escutando a cantora com mais frequência. Alguns devem conhecê-la como a mocinha que canta com o super hypado (e querido) Gotye em Somebody That I Used To Know. Settle Down é uma das poucas músicas mais alegrinhas dessa lista e sim, eu também quero ter uma filha chamada Nebraska.

And there will come a time, you'll see, with no more tears.
And love will not break your heart, but dismiss your fears.

Mumford & Sons é uma dessas bandas que é incapaz de fazer uma música pela qual eu não me apaixone. Entretanto, gostaria de dar um destaque todo especial para After the Storm, que tem uma das letras mais maravilhosas e verdadeiras que já escutei. Quem é que não espera o momento em que o amor não irá quebrar nossos corações, não é? 

I won't soar, I won't climb
If you're not here, I'm paralyzed
Without you
Without you

Tem como não amar o Olly Murs? Além desse timbre super gostoso, ele ainda fez um cover fofinho de Without You que é de aquecer todos os coraçõezinhos e provou que tudo em que ele toca vira ouro.

So these fingertips
Will never run through your skin
And these bright blue eyes
Can only meet mine
Across a room filled with people
That are less important than you

Conheci Of Monsters and Men através de uma escritora maravilhosa que os citou em um de seus trabalhos e BAM, a partir daí foi só amor. Adoro essa voz fofinha e essa letra meio trágica de Love, Love, Love...Enfim, quem disse que o amor é sempre perfeito, não é? 

Why are you so far from me?
In my arms is where you are to be
How long will you make me wait?
I don't know how much more I can take
I missed you but I haven't met you

Talvez vocês reconheçam o The Civil Wars da trilha sonora de The Hunger Games, mas meu relacionamento amoroso com a banda já existe há um tempinho. To Whom It May Concern é uma canção para todos aqueles que ainda não encontraram aquela pessoa certa. Uma fofura!



Oh, you are in my blood like holy wine
You taste so bitter and so sweet
Oh I could drink a case of you, darling
And I would still be on my feet

A Case of You é uma das minhas músicas favoritas. Ela é melancólica, harmoniosa, triste, bonita e é a verdadeira perfeição de letra + melodia. Esse cover do James Blake consegue sintetizar perfeitamente tudo o que sinto ao ouvir a canção original da Joni Mitchell, com um poder dez vezes mais forte. Be prepared to bleed!


Oh my baby baby I love you more than I can tell
I don't think I can live without you
And I know that I never will
Oh my baby baby I want you so it scares me to death
I can't say anymore than "I love you"
Everything else is a waste of breath

Se eu pudesse escolher somente uma música romântica para sintetizar toda essa sensação de ter borboletas no estômago, certamente seria o cover sublime que a Fiona Apple fez de I Want You do Elvis Costello. É puro, é sofrido e a interpretação da cantora é de dar arrepios de tão sentimental que é. Linda!

I, I who have nothing 
I, I who have no one
Adore you and want you so 
I'm just a no one, with nothing to give you but oh 
I love you 

Esse definitivamente não seria um post meu sem uma versão de algum reality show, não é? A Haley Reinhart é certamente minha participante favorita de todas as edições do American Idol (desculpa aí, David Cook!) e essa perfeita, sensual e dramática redenção de I Who Have Nothing é a música mais tocada do meu iTunes. 

But when you touch me like this
And you hold me like that
I just have to admit
That it's all coming back to me

Pois é, eu amo a Céline Dion. Me julguem, me processem pelo meu gosto duvidoso, tô nem aí. 
Mia Fernandes
Comentários do Facebook
0 Comentários do Blogger