-

como lidar com o bloqueio criativo


Trabalhar com criatividade é ao mesmo tempo, uma dádiva e um inferno. Eu adoro saber que tudo o que preciso para um dia de trabalho produtivo, é estar em perfeita sintonia com o meu lado criativo. Quando estou inspirada, consigo fazer o trabalho de uma semana em apenas duas horas.

Por outro lado, existem momentos em que tento entrar em contato com a minha criatividade e não obtenho um resultado satisfatório. Como 90% da minha vida roda em torno disso, o meu retrato do bloqueio criativo é: horas e mais horas deitada na minha cama, repensando minhas escolhas de vida e me perguntando se sou boa o suficiente.

Recentemente, resolvi que lutaria contra isso. Posso não ser a melhor, entretanto, não posso duvidar do meu valor e da minha capacidade para criar.
Não é fácil. Quem já sofreu com bloqueio criativo, sabe que não existe uma chavinha para religar a criatividade. Você precisa ir atrás de inspiração e nem sempre ela virá da mesma forma (ou seja, não existe uma receita infalível pra te tornar criativo do dia pra noite).

Existem alguns rituais que eu tento e geralmente surtem algum resultado. Resolvi preparar uma lista pra vocês com o que funciona muito bem pra mim nas horas de bloqueio criativo. Olha só:


01. Writing prompts
“Writing prompts” são pequenas ideias que você pode desenvolver em uma história/crônica/conto. Existem muitos sites lá fora que se dedicam especialmente em criar novos “prompts” diariamente. Eles servem pra inspirar e te tirar da zona do conforto.
Como estou aqui pra dar aquela ajudinha criativa pra vocês, criei alguns prompts que vocês podem tentar nas horas de bloqueio criativo. Olha só:

1. Uma alienígena humanoide com uma missão secreta para destruir a Terra, se apaixona por um dos seres humanos que ela precisa espiar.
2. Um rapaz está sofrendo de uma doença terminal e chama seus amigos para uma grande aventura. Para onde eles vão?
3. Uma garota descobre que pode espiar quem ela quiser através de um espelho. Ela usará seus poderes para o bem ou para o mal?
4. Um personagem de fábulas é expulso do Reino Encantando e obrigado a viver sua vida como mundano. Quem é esse personagem? Como ele se adapta ao novo mundo?
5. Sem querer, uma mulher desvenda uma gigante teoria da conspiração para matá-la: entretanto, ela não é ninguém importante e precisa descobrir o motivo.


02. Moodboard no Pinterest
Outra ótima alternativa é buscar inspiração através de imagens. Quando preciso criar algo e não tenho um tema pré-definido, tento montar um “moodboard” no Pinterest. Coloco lá todas as imagens, vídeos e outras coisas que me ajudam a transportar minhas ideias confusas para uma realidade.
Quando acho que já tenho imagens suficientes, volto para a atividade que estava bloqueada. Geralmente, eu consigo encarar tudo com um novo fôlego e quando acho que estou começando a patinar novamente, é hora de voltar e ver as imagens que já selecionei (ou até mesmo selecionar imagens novas).


03. Playlist
Música é uma coisa maravilhosa, né? Esses dias, um amigo e eu, estávamos discutindo sobre como vivenciamos essa arte. Ele era uma pessoa que se ligava muito no ritmo e harmonia. Eu sempre me importei muito com as letras e o sentimento que a canção passa.
Meu desafio para quem estiver sofrendo com bloqueio, é tentar montar algumas playlists para o seu processo criativo:
- Uma bem animada, focada no ritmo das canções. Essa lista de músicas pode te oferecer um “pump” bacana na hora de criar.
- Uma cheia de canções com letras que se encaixam muito bem no seu projeto/momento atual.
- Por fim, finalize com uma terceira playlist, cheia de músicas que te passem um sentimento bom de conforto e paz mental.


04. Observar pessoas/conversar com pessoas
Uma das dicas que sempre vejo por aí é muito simples: entrar em contato com outros seres humanos. Às vezes estamos tão focados em um projeto, que deixamos toda a “humanidade” de lado. Conversar com outras pessoas com pontos de vista distintos é uma experiência única.
Mesmo que não concorde com a opinião deles, você terá que fazer esforço para defender suas ideias e isso pode reacender sua paixão pelo projeto.
Outra boa ideia é se sentar em um café e observar desconhecidos (tente não ser muito stalker desconfortável, please). Tente criar uma pequena história para cada uma das pessoas com que você cruzar na rua. Coloque seu cérebro pra funcionar!


05. Revise o que já foi feito
Se estamos falando de um trabalho em andamento, tente tirar um tempinho e revisar tudo o que você já fez. Veja a qualidade do trabalho e se pergunte se existe algum erro.
Despertar o nosso senso autocrítico pode ser positivo. Ver o trabalho com “olhos frescos” pode despertar a sua “Musa” da criatividade adormecida.

Você sofre muito com bloqueio criativo? Me conte nos comentários o que você faz para superar essa situação!
Mia Fernandes
Comentários do Facebook
0 Comentários do Blogger