-

as blogueiras: tamirez santos


Hoje é dia de mais uma entrevista na série “As Blogueiras”. A Tamirez Santos é a responsável por um dos meus blogs de literatura favoritos, o Resenhando Sonhos. Batemos um papo sobre livros, YA e é claro, não resisti e pedi uma indicação literária bacana pra ela. Vem ver!

1. Tamirez, como surgiu o seu amor por leitura? Você se lembra qual foi o primeiro livro que leu?
Surgiu quando estava saindo da infância e entrando na adolescência. Na época eu não tinha computador ainda e por isso, vivia na biblioteca lendo. Naquela época li muitos livros do Sidney Sheldon que tinham um toque de mistério e as histórias divertidas de Marian Keyes. Mas foi graças as histórias sobrenaturais e de fantasia da Anne Rice que eu me tornei uma leitora ávida e desde então minha inclinação é sempre pra esse gênero.

2. No ano passado, houve uma polêmica sobre livros YA e o público adulto que era interessado pelo gênero. Qual a sua opinião sobre esse assunto?
Eu acho que mais importante do que "o que você está lendo" é o fato de você estar lendo algo. Eu sou adulta, tenho 24 anos e gosto de livros de fantasia. Do ponto de vista de quem defendeu essa teoria, eu estou errada em ter esse gosto, só que não há nada de errado nisso. Acho que um dos principais motivos no Brasil, pelo qual as pessoas leem pouco é que na infância e adolescência somos obrigados a ler clássicos e toda leitura obrigada acaba por não ser muito prazerosa. Independente da idade que você tem, você deve ler o que quiser e o que te traz mais entretenimento. Quanto mais diversificado seu gosto literário for, mais aberto para o mundo e para grandes histórias você vai estar.

3. Você já sentiu uma grande dificuldade em escrever a resenha de algum livro ou seriado? Qual foi o motivo? 
Sim. As vezes há livros que são tão bons que acabam se tornando difíceis de expressar o que sentimos na hora da resenha. Outro ponto interessante sobre isso é que eu sei que eu me senti daquela forma, mas que você pode ler e não gostar, então tento não ser muito eufórica pra não gerar expectativa, mas sempre fica muito claro quando o livro me tirou o fôlego, mesmo que eu não sabia o que dizer sobre ele. Eu faço a resenha e parece que não consegui passar nem metade do que a leitura significou pra mim, mas mesmo assim algumas pessoas captam o sentimento e é muito legal quando alguém diz que compartilha dele.



4. Quais são os próximos passos do Resenhando Sonhos? Existe algum assunto que você quer abordar no blog, mas ainda não teve a oportunidade?  
O canal foi um grande passo e está dando muito certo. Esse ano também consegui algumas parcerias com editoras e isso me deixou muito feliz, pois é um voto de confiança enorme e sinto como se fosse uma afirmação de que estou fazendo algo legal. No blog eu já falo sobre bastante coisa e nunca limitei o conteúdo, já no canal tenho um foco maior nos livros e gostaria de expandir isso um pouco. Então talvez esse seja o próximo passo, aproximar o conteúdo dos dois para que eles se apoiem mais.

5. Para finalizar, preciso confessar que estou sempre lendo o seu blog em busca de recomendações literárias! Será que você poderia recomendar um livro que mudará completamente a vida das leitoras do Conversa Imaginárias? 
Isso é difícil e relativo, já que indicação de livro varia muito do que a pessoa gosta de ler, mas eu sempre indico dois livros que moram no meu coração e que acredito que qualquer pessoa que goste de literatura vá gostar e precisa ler em algum momento que são A Sombra do Vento do Carlos Ruiz Zafón e O Diário de Anne Frank :)



1- Livros: Meio óbvio né? Mas acho que não podia ficar de fora. Muita gente quando está triste vai fazer compras, eu gosto de ir a uma livraria. Aprendi a entrar e sair sem comprar, mais o simples caminhar e ver os livros me deixa muito feliz. Os livros pra mim representam uma forma de fuga da realidade, através da leitura eu posso ser quem eu quiser e viver onde eu quiser, além de sempre tirar algo importante de cada livro que leio.


2- Gatos: Desde pequena tenho um amor enorme por felinos e desde que me conheço por gente há um deles perto de mim. Moro sozinha e hoje a Lexi é minha companheira e ela é sempre muito cheia de amor pra dar, o que ajuda a espantar a solidão.


3 - Pipoca de cinema, cheiro de chuva, outono e primavera, seriados, chocolate e café: São coisas simples que me deixam instantaneamente feliz :)

Encontre a Tamirez:
Resenhando Sonhos
@mimayfair
Resenhando Sonhos @ Facebook

Mia Fernandes
Comentários do Facebook
0 Comentários do Blogger