-

como retomar o controle da sua vida


Sabe quando a vida continua te atirando limões e por mais que você se esforce, não consegue fazer uma limonada? Ultimamente, este sentimento veio se apoderando de mim: uma mistura de desistência com falta de foco.
Comecei a levar meus dias no automático: acordar, trabalhar e dormir. Como vocês devem ter percebido, sumi do blog, mas também sumi do mundo. Fiquei longe de amigos, da família e de seres humanos em geral. Me tranquei em casa e rezava todos os dias para não surgir nenhum compromisso que me fizesse pisar na rua.

Tentei viver uma vida sem grandes emoções. Na minha cabeça, se eu não me envolvesse com nada, não estaria suscetível à nenhum tipo de decepção. Só que não sentir nada também é cansativo. Quando me dei conta, estava vivendo no escapismo.
Será que eu me tornaria justamente o tipo de pessoa que sempre desprezei? O tipo que foge de conflitos e se torna completamente inacessível para o mundo.

Aí eu resolvi que era hora de parar de correr em direção ao nada. Era hora de mudar definitivamente a minha vida.

Sempre fui bem honesta quanto aos meus problemas com depressão e acho que ver outra pessoa lutando para retomar o controle da própria vida é sempre inspirador. Eu ainda estou apenas no início de uma jornada que será muito longa, mas resolvi compartilhar o processo com vocês.

Então, eis aqui como eu (e talvez algumas de vocês que estão aí lendo este post neste momento) pretendo retomar o controle da minha vida:


Eu em primeiro lugar
Sabe aquele negócio de se preocupar com o que todo mundo está achando? Se você está agradando aos outros com suas ações? Essa é a hora em que você se tornará um pouquinho egoísta e se colocará em primeiro lugar. Pare de fugir de você mesma e tente sempre colocar suas vontades acima de tudo.


Busque ajuda
No último ano, eu sai e entrei do consultório de uma dúzia de profissionais diferentes em busca de ajuda com a depressão. Infelizmente, esta doença te consome de tal maneira, que é bem complicado estabelecer qualquer tipo de compromisso (mesmo que seja com a sua saúde).
Recentemente, voltei para a terapia e já tenho planos para voltar para os remédios. Ajuda é muito importante nessas horas e nada melhor do que um profissional pra te guiar nesta fase sombria.


Descubra quem você quer ser
Vez ou outra sou acometida com dúvidas relacionadas à minha identidade. Quanto existe "de mim" em minha personalidade e o quanto é só um ato para agradar outras pessoas?
Estou tirando um tempinho para poder responder essas perguntas com calma e aí descobrirei quem eu quero ser.


Corra atrás dos seus sonhos (não importa o quão megalomaníacos eles sejam)
Aqui vai um fato bastante curioso: sempre me privei de sonhar alto. Sempre me contentei com pouco e o meu senso de desmerecimento é crescente. Mas quer saber? Eu vou sonhar e me arriscar. Tentar viver aquela vida com a qual eu penso nos últimos segundos antes de cair no sono.
Eu mereço e você também!

Espero (do fundo do meu coração) que este texto possa chegar até outra pessoa que precise de um empurrãozinho para a direção certa. De tempos em tempos, pretendo voltar aqui e discutir minha evolução com vocês (sintam-se livres para fazer o mesmo comigo - se não se sentir confortável de falar nos comentários, meu e-mail está disponível em Contato e terei o maior prazer de te responder).

Mia Fernandes
Comentários do Facebook
1 Comentários do Blogger