-

você merece muito mais


Oi,

Hoje este texto é para você. Sei que no momento em que bateu os olhos neste título, você já sabia que eu estava escrevendo isto para a sua leitura.
Afinal de contas, dentro do seu âmago, você sabe que merece muito mais.

Muito mais do que um cara que defina como você deve se sentir. Como se vestir. Como se comportar. Quais músicas ouvir. O que é permitido ou não.
Muito mais do que um cara que só te procura quando está sozinho. Que não responde seus telefonemas. Que deixa um incômodo silêncio após cada “eu te amo” que escapa da sua boca.
Muito mais do que um cara que não segura suas mãos em público. Não anda ao seu lado.
Muito mais do que um cara que está muito longe de ser seu namorado.
Talvez, a parte mais complicada é admitir tudo isso. Nosso cérebro tem essa tendência de se apegar às memórias boas e acabamos obliterando todos os erros de quem amamos.
Mas será que amamos mesmo?

Controvérsias à parte, ontem estava lendo o Não Sou Uma Dessas, o livro polêmico da Lena Dunham e uma passagem falou mais alto. Era como se ela gritasse comigo através das páginas, me retirando de um estupor que durou anos.

Me sinto na obrigação de compartilhar tal trecho com vocês:

Quando alguém revela que você significa muito pouco e você continua com essa pessoa, sem se dar conta, começa a significar menos para si mesma. Você não é feita de compartimentos! Você é uma pessoa inteira! O que é dito para você é dito para você como um todo, e o mesmo vale para o que é feito. Ser tratada como merda não é um jogo divertido ou uma experiência intelectual transgressora. É algo que você aceita, tolera e aprende a acreditar que merece.
Por favor, escutem as palavras sábias do gato acima.

Estas palavras também te machucaram? Que bom, pois este é o primeiro passo para a cicatrização.
Não quero fazer um longo texto de autoajuda, relembrando o quanto você é poderosa e merece coisas decentes. Você é um ser humano. Você está viva, respirando, sangrando e evoluindo. Somente por tais fatos, já sei que você merece muito mais.

Com essa proximidade do final de ano e todas essas metas esdrúxulas que tentamos traçar para o próximo, coloque somente uma prioridade em sua lista: perceber que o meu valor não está e nunca esteve relacionado a homem nenhum.

Vamos fazer esta experiência em 2015? Quem aí se propõe a merecer muito mais?

Mia Fernandes
Comentários do Facebook
2 Comentários do Blogger