-

resenha: fangirl - rainbow rowell

*Resenha sem spoilers

Já faz algum tempo desde que li um livro que me fez sentir imediatamente compelida a escrever uma resenha. Fangirl, obra da americana Rainbow Rowell, acompanha as aventuras da jovem Cath em uma nova e assustadora fase de sua vida: a universidade.

Distante de casa, do pai e da irmã gêmea - que apesar de também frequentar a Universidade de Nebraska, fez questão de escolher um dormitório separado do de Cath - ela se vê diante de um mundo completamente novo, em que é obrigada a lidar com a pressão para ser bem sucedida nas matérias, sua colega de quarto assustadora e seu namorado excessivamente simpático.

Se tudo isso não é suficiente, a nossa protagonista ainda precisa arranjar tempo para sua vida de fangirl. Magicath (como é mais conhecida no fandom) é uma escritora bem sucedida de fanfics da saga Simon Snow. Será que ela conseguirá balancear toda sua nova rotina com a vida de fangirl? Será que Cath é capaz de se ajustar ao novo mundo que é a faculdade?

Essas perguntas são respondidas ao longo das 400 páginas do livro e confesso que nunca me diverti tanto com uma leitura. Primeiramente, me identifiquei muito com a protagonista. Quando tinha a mesma idade, era igualmente tímida e deficiente de qualquer habilidade social. Me refugiava em Harry Potter e o fandom era a única parte consistente da minha vida.

Ver a Cath crescer da mesma forma que cresci, foi emocionante e nostálgico para mim. Não sei se foi a ótima narrativa de Rowell ou a amabilidade de seus personagens, mas não me lembro de expressar tantas emoções enquanto lia qualquer outro livro (é sério, foram muitos "ohhhh", "ahhhhh", risinhos e lágrimas que soltei involuntariamente).


Minha edição de Fangirl, após ser lida com muito amor e carinho.

Fangirl é o tipo de livro ideal para:

01. Quem quer uma leitura leve, rápida e sem grandes dramalhões.
02. Está buscando um romance que é tão absurdamente fofo que te faz querer explodir de alegria.
03. Quem se identifica com qualquer fandom (bônus se você for um fã de Harry Potter).
04. Aqueles que amam o gênero Young Adult.
05. Quem gosta de personagens socialmente ineptas.

Quem aí já leu Fangirl e se identificou muito com a Cath? Me contem suas histórias com seus respectivos fandoms nos comentários!

Mia Fernandes
Comentários do Facebook
1 Comentários do Blogger