-

lista: minhas drags favoritas do rupaul's drag race


Olá, queens!

Atenção: Este post contém spoilers da quarta, quinta e sexta-temporada de RuPaul's Drag Race.

Como vocês estão? O que andam fazendo de bom? Curtiram o Dia dos Namorados solteiras ou com o mozão? Por aqui a vida está sendo uma verdadeira montanha russa de emoções e revelações que deixaria qualquer capítulo final de novela mexicana no chinelo.

Entretanto, tô sempre fazendo um esforço para encontrar tempo para o meu novo vício: RuPaul's Drag Race. Meu primeiro contato com a reality show ocorreu somente na quarta temporada, quando resolvi assistir um episódio no VH1

Para meu desespero, o episódio que assisti era o de eliminação da Latrice Royale. Fiquei completamente apaixonada por essa diva e indignada quando ela foi completamente slayed pela Chad Michaels no Lip Sync for Your Life.  

Anos depois, recuperada do trauma e encorajada pela adição das cinco primeiras temporadas no Netflix, retomei o programa e nem preciso dizer que tô louca/viciada, né? 

Até o momento, já zerei a quarta, quinta e sexta temporada. Comecei a terceira recentemente, então as únicas queens que vão fazer carão nesta lista são as das temporadas que já terminei. Também resolvi não incluir as vencedoras, já que elas recebem bastante atenção feat. amor por aí.

Bora falar de divas?
 
01. Adore Delano - Sexta temporada

Obviamente, minha queen favorita é a Adore Delano. Ela é a persona do Danny Noriega, ex-American Idol e é charmosa, carismática, talentosa, a fucking libra e uma fofa! Adore ganhou meu coraçãozinho a primeira vez que precisou cantar durante a competição. Quem me conhece sabe que sou uma sucker por gente com uma voz linda, né? 

Apesar de ter ficado bem próxima da vitória (Top 3, bitcheees!), ela acabou perdendo para a drag queen, Bianca del Rio. Mas não tem problema, né? A Adore é tão talentosa que nem esperou o programa ~esfriar~ para lançar um CD. 

Escuta aí o single de estreia desta rainha maravilhosa, "I Adore You":



02. BenDeLaCreme - Sexta temporada

Eis uma queen que não recebe nem metade do amor que merece: DeLa sempre trouxe figurinos inspirados para o palco, ganhou o Snatch Game com uma interpretação genial da Dame Maggie Smith e foi protagonista da eliminação mais controversa de toda a história da Drag Race (é o que dizem). Entretanto, além do talento óbvio e daquela vibe ~Jinkx~, o que realmente arrebatou minha simpatia foi uma crítica da Michelle Visage, que a acusou de estar sempre se escondendo por trás de um personagem.

E foi aí que eu percebi que Ben era minha versão drag queen. Toda minha vida, usei o humor para me proteger e não deixar que as pessoas se aproximassem demais. Interpretar um personagem de bem com a vida era minha arma para que ninguém percebesse que tal como a DeLa, eu também batalho há anos contra a depressão. Obviamente, essa fofa ganhou o título de Miss Congeniality e meu coração.

03. Latrice Royale - Quarta Temporada

Latrice foi meu primeiro amor na competição. Como garota cheinha que luta há anos com a balança, é sempre uma inspiração ver uma big queen sendo maravilhosa e FIERCE. Achei que sua história de vida também foi um fator interessante: uma drag queen que perdeu tudo após passar um ano na prisão? Cadê um filme com este enredo? 
Ela lançou as melhores frases que este programa já viu tal como: BITCH: Being In Total Control of Herself e She is large and in charge, chunky, yet funky. Bold and Beautiful baby.
Por mais que eu ame a Sharon Needles (uma rainha do terror? Como é que dá pra não amar?), ainda bato na tecla que Latrice deveria ser a vencedora da quarta temporada. Fim! 

04. Alyssa Edwards - Quinta temporada

Eu sempre sou a favor das rainhas com um lado forte para comédia ou com uma personalidade marcante. De todos os tipos de drag, acho que as que menos chamam minha atenção são as pageant queens. É mais ou menos aquele negócio: o que tu sabe fazer além de ser bonita, fia?
Mas obviamente, tudo mudou no momento em que conheci a Ex-Miss Gay America: Alyssa Edwards. Além de ser linda de viver e uma dançarina incrível, ela era engraçada (mesmo que não intencionalmente). Não dá pra esquecer o carão na hora de passar maquiagem (amo/sou) e o histórico "Back rolls?".

05. Alaska Thunderfuck - Quinta temporada

Para encerrar esta lista maravilhosa, gostaria de fechar com o dark horse da quinta temporada: Alaska Thunderfuck. Com a responsabilidade de ser a namorada da Sharon Needles (fiquei devastada ao saber que elas terminaram o namoro) e na sombra constante do Rolaskatox, eu não botava muita fé nesta queen até o momento em que ela resolveu se separar do trio de amigas e começou a se destacar na competição.

Por qual motivo não chamaram a Alaska para participar das temporadas anteriores? Ela é engraçada, tem talento e é refrescante ver alguém como ela na tela. Com certeza é minha aposta mais certeira para uma campeã do RuPaul's All Stars 2

Menção honrosa: Ornacia

Ornacia rainha! O resto é nadinha!


Mia Fernandes
Comentários do Facebook
2 Comentários do Blogger